A luz tem qualidades diferentes, e podemos entender essas diferenças e usá-las em nosso favor, definitivamente entender como funciona a luz natural irá te ajudar a se torna um melhor fotografo.

E este será o assunto do artigo de como funciona a luz natural.

Luz natural: Qualidade da luz

Explorar a diferença entre luz dura (hard ou harsh light) e uma iluminação suave (conhecida como soft light) é uma empreitada longa, mas cada uma delas apresentará sem valor e também terá seus prós e contras.

Usar a luz natural não é apenas usar tal fonte de iluminação em seus retratos, mas também saber usar a cor e a intensidade desta luz de forma a criar uma historia visual no que queremos retratar.

Coisas como a direção e a intensidade irão afetar muito a imagem final, mesmo que você seja um fotografo de estúdio entender como funciona a luz natural é fundamental.

luz natural

Qualidade da luz – Luz dura e luz suave.

Luz suave

Luz suave é caracterizada por baixos níveis de luz, falta de sombras, uma pequena e delicada diferença entre as áreas escuras e claras.

luz natural

Uma situação iluminação suave é caracterizada pela falta de sombras e  tons frios durante tempo nublado, e cores como verdes e azul se encaixam muito bem nestas situações.

É um tipo de luz que você não vai encontrar a qualquer hora e nem qualquer lugar do globo, no inverno do Pólo Norte por exemplo será bem difícil encontrar lu natural suave.

Normalmente é tipo de luz encontrar nas pontas do dias, durante o amanhecer e ao entardecer, também conhecidos como Golden Hoursvocê também ira encontrar tais condição de luz natural quando o céu esta nublado.

luz natural

 

Luz dura ou hard light

A luz dura por outra lado produz longas e profundas sombras e é caracterizada pelos fortes níveis de luz.

Normalmente dizemos que é o tipo de luz que tem grande diferença em as áreas claras e escuras da imagem.

Pela grande diferença de contraste a luz dura irá sempre reforçar as cores deixando as mesmas mais intensas e saturadas.

luz natural

Na luz dura há uma enorme quantidade de contraste entre as áreas escuras e claras da imagem e alguns detalhes podem ficar muito claros ou muito escuros, mas isso é pode ser um efeito desejado, dependendo que qual historia você quer contar.

Quando falamos de luz natural sempre iremos depender do clima, e com a luz dura não diferente, normalmente você encontrar este tipo de luz algumas hora apos o nascer do sol, cerca de 2, e ela se estenderá até cerca de 1 hora antes do por sol.

E claro que em algumas horas do disa será um desafio fotografar com este tipo de luz, como por exemplo no sol do meio dia.

Uma das maiores qualidades deste tipo de luz também é seu principal problema, a grande diferença de contraste.

Ao contrário do que nossos sofisticados olhos, a câmera ainda não é capaz de lidar com essa diferença. Assim, o resultado será a perda de detalhes na imagem, tornando alguma áreas muito claras ou escuras de forma indesejada por exemplo.

Alguns fotógrafos pensam erroneamente que esta condição (a perda de detalhes) é devido a um erro que cometeram em operar sua câmera.

Assim, o primeiro passo para a solução é compreender o problema.

Fotografar sob luz dura, com perda de detalhes, não é algo que você possa corrigir durante a pós-produção do trabalho, então sempre duas vezes em fotos sob tais condições de luz.

A melhor solução para este caso é mover o assunto a ser fotografado para uma área onde a luz dura não te atrapalhe tanto, e se isto não for possível, mudar os ajuste em sua maquina sempre podem dar aquela forcinha para que a foto sai melhor.

Esqueça “boa” iluminação

Devido aos desafios que cada um dos tipo de luz lhe impõe, a maioria dos fotógrafos costumam evitar situações com luz natural dura, preferindo trabalhar sob condições de luz suave, que normalmente é mais agradável ao olhos, mas nem sempre é a melhor escolha.

luz natural

 

Você pode escolher a  luz dura de forma a criar um retrato que diga mais do que esta na imagem, como por exemplo a foto acima que passa ao expectador uma sensação que não pode ser fotografada, o calor.

luz natural

O também passar ao expectador um ar de suspense, ou até macabro, com uso de uma luz dura.

Eu tenho um plano.

Igual em muitos filmes de Hollywood, quando os atores falam – I have a plan,  você também terá que ter uma plano quando o assunto é depender de luz natural para fazer suas fotografias.

Confira a previsão do tempo assim como as horas em que o sol irá nascer e se por, assim como conhecer o lugar onde irá fotografar é algo importante.

Não perca nenhum minuto a mais dormindo enquanto tem luz la fora!

As melhores dicas para fotografar com luz natural são combinar a hora do dia e o local adequado para sair e fotografar, de acordo com os resultados almejados, e usar sempre as condições de luz natural de forma a contar uma historia.

luz natural

 

Seja flexível.

Como todos sabemos nem sempre a vida é do jeito que gostaríamos que ela fosse, e mesmo que você tome todo cuidado, planeje cada detalhe, as mudanças climáticas acontecem sem avisar e rapidamente, e com isto a sua condição de luz natural também irá mudar.

E nestes casos sempre é melhor ser flexível, se você não pode entregar exatamente o que estava planejando, mude o plano improvise, afinal você não pode lutar contra luz.

Improvise use sua imaginação, não é por que a condição de luz mudou que você não pode ainda fazer um trabalho.

Gostou do post? Deixe um cometário!