Imagine que você acabou de processar uma imagem colorida e agora esta afim de um pouco de experimentação em cima da mesma imagem, bom com o auxilio das cópias virtuais no Lightroom fica muito mais fácil. Então veja agora como facilitar sua vida com.

5 maneiras de usar cópias virtuais no Lightroom

As copias virtuais no Lightroom são copias idênticas, exatas, das suas fotos originais em que também já estão inclusas todas as edições que você fez a foto.

Depois de feita uma cópia virtual você terá toda a liberdade para edita-la de forma não destrutiva, ou seja sem afetar a foto original.

Cópias virtuais são uma ferramenta fantástica porque elas permitem que você faça várias cópias de uma única imagem sem gastar espaço no seu disco rígido.

Você pode experimentar diferentes técnicas, e manter todos os resultados.

Cada cópia virtual existe como um conjunto de comandos de texto no catálogo do Lightroom, e pelo fato de sistema apenas guardar linha de comando o consumo de espaço fica casa dos kilibytes e não megabyte que seriam caso você estiver trabalhando com uma duplicata da foto.

Faça uso máximo de suas cópias virtuais no Lightroom e aqui estão 5 maneiras de trabalhar com elas.

Criando cópias virtual no Lightroom

Existem 4 maneiras de se criar cópías virtuais no Lightroom, e cada uma delas pode te ajudar.

No Grid View no módulo de Biblioteca selecione a imagem, ou imagens, que você quer fazer cópias virtuais:

Dicas usando a tecla G você pula direto para o Grid View

1. Vá até Foto > Criar cópia virtual. O Lightroom irá criar as cópias virtuais e coloca-las na mesma coleção que as imagens originais.

2. Como alternativa você pode usar os atalhos do teclado. Se você estiver usando o Windows pressione Ctrl junto com a tecla apóstrofe (Ctrl + ‘), e se estiver no MAC a tecla comando junto com a tecla apóstrofe (Cmd +’).

3. Como alternativa, você pode clicar com o direito na foto que quer fazer uma copia virtual e  escolha Criar cópia virtual.

cópias virtuais no Lightroom

Quando você cria uma cópia virtual que aparece ao lado do original no Grid View, e ela é idêntica em todos os sentidos.

Você pode fazer quantas alterações quiser nas cópias virtuais do Lightroom sem alterar nenhum aspecto do foto original.

4. A quarta forma é ir para Biblioteca > Nova coleção. A janela Criar uma nova coleção irá abrir. No menu inferior marque a opção Incluir fotos selecionadas e fazer novas cópias virtuais.

O Lightroom irá criar uma nova coleção e adicionar cópias virtuais das imagens selecionadas.

cópias virtuais no Lightroom

 

Usando as cópias virtuais no Lightroom

Agora você sabe como criar cópias virtuais, vamos olhar algumas maneiras que você pode usá-los melhor no Lightroom.

Criar múltiplas versões da mesma foto

Esta é a principal razão pela qual você irá amar usar o sistema de cópias virtuais do Lightroom. Assim você pode processar a mesma foto de muitas maneiras diferentes, sem perder os ajustes das fotos anteriores.

A foto abaixa monstra isto como exemplo, foram criadas 22 cópias com ajustes diferentes e versão também diferentes, sendo algumas coloridas e ou apenas preto e branco.

cópias virtuais no Lightroom

 

Empilhamento de cópias virtuais

Para facilitar a comparação entre as versão você pode empilhar as miniaturas, colocando por exemplo todas as versões coloridas em uma linha e as em preto e branco em outro linha.

Desta forma você tem um visão mais abrangente de suas copias virtuais no Lightroom.

cópias virtuais no Lightroom

 

  • Vá até Foto > Empilhamento > Agrupar na pilha. Você também pode encontrar esta opção clicando com o botão direito em uma miniatura.

Lightroom coloca as fotografias em uma pilha e a  primeira foto na seleção é usado como imagem de capa.

Não esqueça de selecionar todas as fotos que participarão da mesma pilha antes.

O ícone de pilha é exibido no canto superior esquerdo da miniatura (marcado abaixo). O número dentro informa quantas fotos estão na pilha.

cópias virtuais no Lightroom

 

Repita o processo se pretende agrupar outras cópias virtuais em outra pilha. Abaixo, você pode ver que foi feito o mesmo versões preto e branco.

cópias virtuais no Lightroom

 

Para visualizar as fotos em uma pilha, clique no ícone de pilha na miniatura. Clique novamente para ocultar as fotos empilhadas.

cópias virtuais no Lightroom

Cópias virtuais para trabalhar com plugins e com Photoshop

Se você quiser enviar uma foto para um plug-in ou o Photoshop, a abordagem recomendada é para processá-lo no Lightroom primeiro, e usar configurações menos básicas como Calibração da câmera, correção de lente e alguns ajustes básicos de tonalidade.

Antes da exportação, faça uma cópia virtual e envie a cópia virtual para o plug-in ou o Photoshop. Então, quando você retornar ao Lightroom, você pode comparar os dois resultados.

Também é uma boa pedida configurar o Lightroom para que ele mostre o nome dos arquivos de forma que você posa controlar melhor quem são as cópias virtuais.

Na tela abaixo, você pode ver que a imagem à direita é uma cópia virtual com nome Copy 22. A imagem à esquerda é o original e só tem o nome do arquivo.

cópias virtuais no Lightroom

 

Você pode configurá-lo em Opções de Visualização (Visualizar> Opções de Visualização ou Ctrl + J no Windows / Cmd + J no MAC).

Assinale a opção Mostrar grades extras e escolha a opção Células expandidas. Na terceira seção desta caixa marque também a opção Rótulo superior e depois escolha como este rótulo será exibido, no caso Nome do arquivo e Nome da cópia. 

cópias virtuais no Lightroom

 

Se você chegou até aqui, nada mal, desta forma seu processo de trabalho se tornará muito mais rápido e melhor sem dar sopa para o azar e acabar perdendo aquela foto tão legal.

Apesar do Lightroom ser um software editor de fotos profissional, e trabalhar com ajustes não destrutivos, a gente de vez em quando troca os pés pelas mãos e faz algo errado e se arrepende por não ter como voltar atrás.

Agora com a auxilio destas 5 maneiras de usar cópias virtuais no Lightroom você nunca mais perder aquela foto!

Deixe seu comentário, sugestão ou critica ai na seção de comentário!