Tudo sobre profundidade de campo

Aprenda o que é profundidade de campo e como a manipular a seu favor.

O que é profundidade de campo?

A profundidade de campo refere-se ao intervalo de distância em que uma foto aparece com nitidez aceitável.

Isso varia dependendo do tipo de câmera, aberturas e distância, embora tamanho de impressão e distância de visualização também podem influenciar nossa percepção de profundidade de campo.

Este tutorial foi concebido para proporcionar uma melhor compreensão intuitiva e técnica para a fotografia.

A profundidade de campo não muda a nitidez da foto abruptamente , mas em vez disso ocorre uma transição gradual.

Na verdade, tudo imediatamente a frente ou atrás do plano de foco já começa a perder nitidez – mesmo que isso não seja percebido pelos nossos olhos ou pela sensor da câmera.

Já que não existe um ponto critico de transição entre o desfoque e o foco um termo mais rigoroso chamado de ‘círculo da confusão “é usado para definir o quanto um ponto precisa estar borrado, a fim de ser visto como desfocado.

Quando o círculo de confusão se torna perceptível aos nossos olhos podemos dizer que a região está fora da profundidade de campo e neste momento não mais “aceitavelmente nítido”.

Controlando a profundidade de campo

Embora o tamanho de impressão e distância de visualização influencie o quão grande o círculo de confusão apareça aos nossos olhos, a abertura e a distância de focagem, ou distancia focal, são os dois principais fatores que determinam o quão grande o círculo de confusão será no sensor da câmera.

Aberturas maiores (f-numbers menores) e distâncias focais mais próximas produzem uma menor profundidade de campo. O teste a seguir mantém a mesma distância do foco, mas muda a definição de abertura:

profundidade de campo

Exemplo de profundidade de campo com abertura F/3.5. Obturador a 1/50 s e ISO 100

profundidade de campo

Exemplo de profundidade de campo com abertura F/3.5. Obturador a 1/50 s e ISO 100

profundidade de campo

Exemplo de profundidade de campo com abertura F/5.6. Obturador a 1/20s e ISO 100

profundidade de campo

Exemplo de profundidade de campo com abertura F/8. Obturador a 1/10s e ISO 100

profundidade de campo

Exemplo de profundidade de campo com abertura F/11. Obturador a 1/5s e ISO 100

profundidade de campo

Exemplo de profundidade de campo com abertura F/16. Obturador a 1/2s e ISO 100

Nas fotos acima você pode ver como a abertura pode manipular, e muito, a sua profundidade de campo.

Repara que quando vou fechando a abertura os pinceis do fundo vão ficando mais nítidos, na verdade estou aumentando a profundidade de campo de certa forma.

Fotos dos pinceis tiradas com uma Nikon D5200 e uma lente Nikkor 50mm f1.8G.

Profundidade de campo não é a mesma coisa que desfoque do fundo?

Este é o mal entendido mais comum entre os fotógrafos iniciantes, uma confusão vaga entre DOF, Depth of field ou profundidade de campo e desfoque do fundo.

Agora, é verdade que o DOF é uma ferramenta que usamos, e muito, para desfocar seletivamente partes de uma imagem, para isolar o ponte de interesse ou até para criar o que chamamos de foco seletivo.

Mas pensar em DOF como apenas uma maneira de desfocar o fundo é meio que perder um pouco o sentido das coisas.

Por que na verdade o sentido da profundidade de campo esta indo exatamente no sentido contrario do desfoque. Afinal o termo profundidade de campo não se refere as parte que estão desfocadas na imagem. E sim na distancia de foco aceitável.

Aqui está uma definição de trabalho que eu gosto.

Profundidade de campo (substantivo): A faixa de distância em uma imagem onde o foco é aceitavelmente nítido.

Aqui um exemplo onde o desfoque do fundo é usado como ferramenta para isolar o objeto de interesse na imagem:

Dica 1

Se você deseja desfocar o fundo como o objeto longe dele. É muito mais fácil para desfocar um fundo que esta 9 metros atrás de seu objeto a ser fotografado do que um que é de 60 centímetros do que vai ser fotografado.

Quanto mais próximo você está para o seu objeto a ser fotografado mais fácil é para desfocar o fundo. Pense nisso como uma razão: a distância entre você e seu ponto de interesse versus a distância entre o motivo e o fundo.

profundidade de campo

Lente 100mm F/4 a 9 metros

 

Dica 2

É possível exagerar com uma profundidade de campo rasa. Você pode fazer a profundidade de campo tão pequena que você perde partes do rosto da pessoa que se esta fotografando, no caso de retratistas.

profundidade de campo

Note como parte do cabelo e do olho direito dela começam a ficar desfocadas.

 

Desfoque de primeiro plano

Desfoque primeiro plano por muitas vezes é negligenciado por fotógrafos quando eles pensam sobre DOF, provavelmente porque cada foto tenha um fundo, e quase sempre elas são arranjadas para não ter nada no primeiro plano a não ser o objeto principal.

O exemplo clássico é desfocar o fundo em um retrato de chamar a atenção para o rosto, no caso dos retratos. No entanto, ter objetos desfocados em primeiro plano pode dar uma sensação de enquadramento, profundidade, ou contexto para uma foto.

Ou até mesmo para fazer o tal foco seletivo, onde o isola o objeto de interesse mesmo que para isto tenha que desfocar o primeiro plano

profundidade de campo

Desfoque de primeiro plano

Você também pode usar o desfoque de  primeiro plano para remover obstáculos que estão entre você e o objeto a ser fotografado.

A próxima foto foi tirada da arquibancada, entre o carro que foi fotografado e o fotografo existia a grade. Grade este que mal pode ser vista devido ao desfoque de primeiro plano.

profundidade de campo

Desfoque de primeiro plano, removendo objetos

 

Bokeh

Fotógrafos em geral costumam em geral costumam usar tal termo. Muitas vezes se referindo a determinadas lentes como por exemplo as que dão “bom bokeh” ou “bokeh ruim” para determinar a qualidade da lente.

Bom de qualquer forma todos estão atrás de uma lente que consiga desfocar o fundo com o que chamamos de bokeh circular.

profundidade de campo

Algumas lentes tem melhor capacidade de tal efeito no primeiro plano, outras no plano de fundo e de qualquer forma não existe uma relação.

Então caso queira, e em algum momento vai querer, experimentar com as suas lentes e veja que tipo de bokeh elas te dão o desfoque de primeiro plano e ou de plano fundo.

A maneira mais fácil de ver a forma do bokeh é de tirar uma foto com pequenas luzes no plano de fundo ou primeiro plano que estejam fora de foco, assim você irá saber qual tipo de desfoque tem.

Conclusão

A manipulação do profundidade de campo é uma boa maneira de modificar as características de sua foto, e manipular a abertura é a maneira ideal de fazer isso porque ele tem pouco ou nenhum efeito na composição da foto.

Você simplesmente precisa alterar a velocidade do obturador (ou alterar a sensibilidade à luz – ISO) para compensar as mudanças na exposição por conta dos ajustes de abertura .

Alterações na distância e distância focal também afetam DOF, mas estas mudanças têm consequência em termos de composição. Assim, as alterações abertura são a melhor maneira de manipular DOF sem afetar a composição de uma foto.