CORES na fotografia

Fotografar em cores sempre vai parecer uma coisa bem simples, principalmente para que só sabe o que é fotografia digital. Mas as cores na fotografia cumprem muito mais do que o papel de dar vida para as coisas.  

As cores na fotografia, ou em vídeo, podem te ajudar e muito na hora de contar a história ou na hora de definir um humor para a cena. As cores são ferramentas muito úteis na vida de qualquer artista seja ele fotógrafo, pintor, desenhista ou designer.

E hoje vamos falar um pouco sobre cores no geral, mas principalmente em cores na fotografia. 

Cores na fotografia

Entender como as cores conversam entre si e entender qual pode ser o humor resultando de uma cor são coisas muito especiais. Para alguma pessoas este tipo de sinestesia é fundamental para produzir certos sentimentos. 

Usando meu grande amor pela música como exemplo é muito comum uma determinada canção fazer brotar em uma certa tonalidade, e isto normalmente representa o sentimento que aquela música me passa. 

E como se ao escutar uma música mais calma minha mente se enchesse de uma cor roxo azulado, e isto pra mim me traz uma certa tranquilidade. Ou quando  escuto um som mais pesado, que é normalmente a preferência aqui da casa, surgem tons de laranja e vermelho, que me fazem prestar mais atenção no que está acontecendo. 

Sim eu sei parece papo de quem tá loko porque uso a erva do capeta ou comeu alguns cogumelos mais estranhos. Mas fazer o que é assim. 

Então quando penso em cores na fotografia tento colocar o mesmo mesmo sentimento sinestésico que tenho com a música.

Para compreender certas coisa precisamos da ajuda de uma roda de cores simples onde temos as cores primárias de vermelho, amarelo e azul e suas cores complementares. 

Compreender esta roda de cores é fundamental para produzir boas fotografias.

Para muitos fotógrafos, isso é uma coisa intuitiva e eles são capazes de sentir a compatibilidade das cores. Mas também é uma habilidade que pode ser aprendida com a prática.

Combinação de cores

A combinação de cores é algo essencial em um trabalho que será distribuído de forma colorida. Não apenas fotos, mas também desenhos, filmes, pinturas e por aí vai. Se preocupar em como as cores vão comunicar o sentimento que o artista quer passar, e também como as cores conversam entre elas pode ser um estudo para a vida inteira. Saindo até do ramo arte propriamente dita e indo paara ramos como a psicologia por exemplo.

Complementares 

A primeira combinação de cores que vemos são as cores complementares, ou complementares das cores primárias. Na fot acima vemos que a cor verde é complementar a cor vermelha. Logo podemos usar esta relação entre estas cores para criar características especiais em nossas fotos.

Cores complementares

Como podemos ver na fotos acima as pimentas se destacam muito mais por conta do fundo verde da foto. Claro que podemos dividir a roda de cores em muito mais segmentos, e assim conseguir uma gama muito maior de tonalidade possível. 

Usando basicamente a mesma relação de cores complementares conseguimos por exemplo chegar ao tão famoso Teal and Orange.Que nada mais é que um tom de verde e um tom de laranja  trabalhando juntos.

Iron man 2

Este tipo de colocação é muito famosa nos filme e séries de tv,  onde as sombra da cena tem esta coloração mais esverdeada, enquanto as partes mais claras da foto pendem para algo mais laranja avermelhado. 

Você pode não apenas manipular a coloração de suas fotos  na pós produção como também pode fazê-lo durante o preparo da foto. Escolha uma cor de fundo que seja a cor complementar da cor dominante de seu retrato e veja  como tudo passar a colaborar para trazer a atenção ao objeto principal. O mesmo vale para roupas que os modelos vão usar ou para fotos de paisagem, tente planejar a foto de forma a incorporar as cores complementares 

Outras combinações

Além das cores complementares ainda temos outras combinações que também tem o mesmo trabalho, usar as cores para comunicar algo.  Estas combinações são:

  • Análogas
  • Tríade
  • Monocromática 
  • Sombras 

Uma vez que entendemos a relação entre as cores fica muito mais fácil pensar em como e porque combina-las. As combinações principais irão cobrir basicamente tudo que você irá fazer sobre cores em sua vida! 

Luminância, contraste, saturação e matiz

Além das cores se relacionarem umas com as outras elas também tem uma grande relação entre elas e como as percebemos. Existem muitas pessoas que conseguem ver diferenças entre dois tons de verde. Para outras pessoas estas diferenças podem ser inexistentes. 

Umas das diferenças que podem passar facilmente despercebidas pelas pessoas e a luminância da cor. A luminância nada mais é que o quão brilhante é a tal cor.

Luminância das cores

Além da luminância nas cores também temos outros dois pilares, a saturação e a matiz. A saturação define a intensidade da cor. Sabemos que quanto mais intensa a cor mais atenção ela vai chamar. Porém cores muito saturadas podem ser irritante e rapidamente cansarem a visão do espectador. 

Saturação das cores

Já falando da matiz é uma forma de distinguir uma cor da outra baseada na quantidade de de vermelho, verde ou azul presentes na cor. A matiz pode se juntar com a propriedade da luminância da cor para podermos definir a transparência da mesma. Podemos dizer que a matiz é o que dá o nome principal as cores.

Matiz das cores

Já o contraste de cores é a diferença em luminância de duas cores próximas que em algum momento serão sobrepostas. Um exemplo simples é um retrato de alguém com cabelos pretos sob um fundo preto. O contraste de cor neste caso será muito baixo, tornando difícil distinguir o fundo da foto do cabelo da pessoa.  Já o contrário, algum preto sob um fundo branco terá um maior nível de contraste de cor. 

Um site muito legal para ver qual é o nível do contraste de cor é o Webaim.org onde você pode definir a cor do fundo e do primeiro plano e ter uma ideia da quantidade de contraste. Contraste de cor nulo terá um nivel 1:1 enquanto contraste de cor total terá um nível 21:1

Mas que cores funcionam bem juntas?

Uma maneira simples de começar a trabalhar com cores é procurar cores que pertençam à mesma família (por exemplo, tons de vermelho e laranja). Estes são conhecidos como esquemas de cores análogos . Muitas vezes, você os encontrará ocorrendo naturalmente na natureza e eles são harmoniosos e agradáveis ​​aos olhos.

Se você está fotografando com cores análogas, você precisa ter certeza de que há contraste suficiente entre as cores para criar uma foto interessante.

Depois de dominar isso, você pode passar a trabalhar com cores complementares . Essas são cores opostas na roda de cores (por exemplo, vermelho e verde). Isso pode criar uma cena muito vibrante, mas é desaconselhável usá-las em grandes doses.

Uma boa maneira de usar cores complementares seria fotografar uma paisagem com muita grama verde e árvores, com alguns detalhes em vermelho para criar um visual de alto contraste. Uma maneira mais complexa de trabalhar com cores é examinar os esquemas de cores da tríade . As cores tríades são aquelas uniformemente espaçadas ao redor da roda de cores (por exemplo, roxo, laranja e verde).

Pimenta - contraste de cor

Como cores complementares, um esquema de cores triádico pode ser muito vibrante, então é melhor trabalhar com uma cor dominante e as outras duas usadas como suporte. Em geral, as cores funcionam bem quando você segue essas regras, pois elas fornecem uma imagem bem combinada e atraente. É claro que existem exceções a regra.

Mas, como todas as regras, é melhor aprender a trabalhar com cores antes de experimentar.  Em resumo, a fotografia colorida pode ser muito mais complexa do que o trabalho em preto e branco, pois você deve sentir a compatibilidade das cores. Mas é uma tarefa que pode ser dominada pela prática!

Não sei se vou conseguir postar na próxima sexta, então até daqui duas semanas! 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.