4 razões para aprender a fotografar no MODO MANUAL

4 razoes para aprender a fotografar no modo manual

Câmeras mais modernas inteligência artificial para tudo que é lado, aplicativos milagrosos, será que ainda existem razões para aprender a fotografar no modo manual? 

Claro que hoje em dia com os enormes avanços tecnológicos nós nem sempre podemos nos dar ao luxo de aprender como as coisas eram feitas antigamente. Tipo aprender a fotografar usando apenas o modo manual da câmera, para muito isto é uma tremenda perda de tempo e talvez não faça sentido algum.

Mas é claro que para muitos curiosos este é um assunto totalmente válido pois nem sempre as configurações automáticas da câmeras vão te salvar. E posso ir ainda mais longe e colocar a focagem automática no pacote, nem sempre o autofoco da câmera vai ser seu amigo.  

No artigo de hoje vou te dar pelo menos 4 razões para aprender a fotografar no modo manual. Não importa qual marca de câmera você usa, desde que ela tenha uma configuração totalmente manual este artigo vai te ajudar. 

Como fotografar no modo manual

Existem muitas razões para fotografar e/ou filmar usando o modo manual da sua câmera, as razões vão desde coisas simples até coisas mais complicadas. E ter este conhecimento na manga vai te ajudar a entender melhor tanto sua câmera quanto sua fotografia.

85 mm - razões para aprender a fotografar no modo manual

Profundidade de campo

A maneira mais rápida de fazer com que suas fotografias pareçam profissionais é controlar a profundidade de campo. A profundidade de campo pode ser bem vista e explicado quando falamos de foto com fundo desfocado. 

Profundidade de campo - Girassol - razões para aprender a fotografar no modo manual

Como na fotografia acima onde é possível ver o girassol em foco mas tudo que está atrás dele está fora de foco ou desfocado. Isto é parte do que chamamos de profundidade de campo, e pode ser facilmente controlado e manipulado usando o modo manual da câmera.

Quando tiramos um retrato usamos uma determinada configuração para conseguir uma profundidade de campo pequena. O mesmo não vai acontecer quando fotografamos uma paisagem, onde precisaremos de um ajuste completamente diferente. 

O ajuste manual que você irá modificar será a abertura de sua ela ajudará você a resolver o quanto do objeto estará em foco ou não. Podemos manipular a abertura das lentes tanto pelas configurações da máquina quanto por ajustes na própria lente, dependendo da marca e modelo. 

É comum usarmos aberturas bem largas para fazer retratos, assim diminuímos a profundidade do campo. Ajustes entre F / 1.4 a F /2.8 costumas fazer bem o trabalho. Já para cenas onde queremos praticamente tudo em foco, como uma paisagem usaremos ajustes mais estreitos, F / 8  até F / 22.

razões para aprender a fotografar no modo manual

Esta definitivamente é uma grande razão para usar o modo manual da câmera. Claro que você pode apenas usar o Modo prioridade de abertura e obter praticamente os mesmo resultados.

Criatividade

Quando você não toma todas as decisões você deixa de ser responsável pelos resultados. Isto é bem simple de entender. Quando fotografamos em modo automático perdemos a chance de ser criativos, pois deixamos a cargo da câmera todas as decisões sobre ISO, abertura, velocidade do obturador e até balançado de branco. Isto tira você completamente do controle criativo da sua foto.  

Algumas câmeras ainda cometem um grande erro em seu modos automáticos de disparo e esquecem de levar em consideração qual será a velocidade mínima do obturador para a lente que está sendo usada. Então mesmo no modo manual é possível tirar fotos tremidas.

Para poder tirar todo o proveito da câmera que você comprou é muito importante saber controlar todos os aspectos do seu triângulo de exposição. É importante saber o que o ISO faz, o que a abertura faz e também o que pode ser feito com a velocidade do obturador.

Assim retomamos o controle criativo das coisas 

Criatividade

Você você ficar perdido aconselho você ler este outros artigos aqui, garanto que você não querer usar mais o modo automático da sua câmera. 

Tirar fotos sem flash

Fotografia de um flash

Uma das coisas que mais me irrita é quando você seleciona uma certa configuração na câmera e de repente o diabo do flash pula. Além de te dar um puta susto, na maioria das vezes ele é completamente desnecessário. Fotografar usando os modos automáticos da câmera é deixar que a própria câmera decisão quando é ou não para usar flash. Isto é muito chato pois normalmente o flash embutido na câmera é uma verdadeira b****. (quem ler isto vai achar que eu odeio flash)

Digo isto pois não gosto de ficar travado com a posição da iluminação, e quando temos que usar o flash embutido na câmera é exatamente isto que acontece. A luz do flash vai direto para a cara do sujeito que está sendo fotografado. Você pode colocar ela mais pro lado, não pode deixar ela mais longe e nem sempre manipular a intensidade dela com rebatedor ou coisa do tipo.

E usar o modo automático só te ajuda a não ter controle de mais nada, inclusive deste tipo de cena. 

Quando usamos o modo manual, ou modos semi manuais, temos mais controle sobre as coisas, inclusive se o flash vai ligar ou não. E se ele ligar, qual será o tempo que ele ficará ligado, ou força do flash. Isso tudo coloca nas nossa mãos tudo que a gente precisa para tomar as decisões e tirar uma boa foto.

Esta foi uma das grandes razões que me fez querer aprender a fotografar no modo manual.

Correção do Balanço de Branco

Uma das grandes coisas sobre câmeras digitais é que elas nos permitem alterar o balanço de branco da câmera, de acordo com o tipo de luz que estamos fotografando (por exemplo, luz solar, luzes de tungstênio, flash). 

E isto faz uma diferença gigante na foto que estamos tirando, pois pode manipular as cores ou deixá-las totalmente fiel a cena que estamos vendo.

Lembro até hoje de como aprende a usar o balanço de branco. Mostrei umas fotos para um amigo que fotografava a mais tempo para ele dar alguma sugestão. A única coisa que ele me falou foi:

Cuidado com o balanço de branco

Fingi que tinha entendido o que ele falou logo fui pesquisar. Conclusão minhas fotos estavam saindo todas mais azuis do que deveriam pois eu estava usando o balanço de branco errado.

Controlar o balanco de branco

Quando usamos a câmera no automático ela provavelmente vai ajustar o balanço de branco para AWB (automatic white balance). Isto pode ser um grande perigo, principalmente se você estiver fotografando em JPEG. Pois você corre o risco da câmera interpretar de forma errada a luz da cena e escolher um balanço de branco que não condiz com o que você quer.

Existem grande problemas quando fotografamos noivas ou um monte de neve, em geral cenas que contêm muito a cor branca. Pois qualquer titubeada do balanço de branco e as cores das coisas vão para casa do chapéu. 

Se você escolher o modo manual iso significa que você também vai escolher qual balanço de branco vai usar. Logo se tomar as decisões corretas você não vai ter problemas. 

Dica extra

Escolha sempre que possível fotografar em RAW assim você pode escolher o balanço de branco na hora da edição foto. 

Dica extra 2 

No começo da seção ou na mudança de iluminação use um Grey Card para registar uma referência do balanço de branco.

Você que prefere fotografar no automático, não tem problema, só tenha na mente que tudo que você “está fazendo” não é você que está fazendo é sim o computador na sua mão. Talvez o único mérito seja a composição. Mas é claro que isto não chega a ser um grande problema, afinal mesmo usando a câmera no automático as fotos quase sempre saíram boas.  

Você pode começar devagar e usar algum modo de prioridade primeiro e depois evoluir para o modo manual. Taí se você queria algumas razões para aprender a fotografar no modo manual aqui foram pelo menos 4 delas.
Se você gostou do artigo compartilhe em suas redes sociais e use a hashtag #dicadofotographiko.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Top Reviews